Repórter da Globo é assaltado no Rio de Janeiro e fica sem celular

Diego Haidar foi assaltado no Rio de Janeiro e ficou sem o celular (foto: Reprodução)
Diego Haidar foi assaltado no Rio de Janeiro e ficou sem o celular (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O jornalista Diego Haidar, repórter da Globo no Rio de Janeiro, foi assaltado na manhã desta segunda-feira (12) na capital fluminense. Em seu perfil no nas redes sociais, o profissional publicou uma mensagem para avisar aos amigos que desconsiderem qualquer mensagem enviada por seu aparelho celular. “Fui assaltado. Desconsiderar qualquer mensagem do meu celular”, escreveu no Twitter.

Nos comentários da postagem, os seguidores lamentaram o ocorrido com Diego Haidar. “Mais um. Que tristeza”, escreveu Edu Goldenberg. “Sacanagem. Fique bem”, desejou Mariana Rodrigues. “Mais um para estatística. E a segurança pública carioca, cadê?!, protestou Orly Fernandes. “Que chato, cara. Espero que esteja tudo bem com você!”, postou Erlon Sousa.

O repórter da Globo do Rio de Janeiro viralizou nas redes sociais no mês passado ao entrar ao vivo para mostrar a chegada da frente fria e as rajadas de vento na Cidade Maravilhosa. Ao tentar conversar com a apresentadora Mariana Gross, do RJ1, Haidar se desesperou com o guarda-chuva sendo levado pelo vento. “Tava falando para me chamar logo porque daqui a pouco vou sair voando”, brincou.

“Perigoso ficar sem guarda-chuva e não sei se esse vai dar conta”, comentou o repórter. No estúdio, Mariana Gross chegou a comparar o colega à personagem Mary Poppins, que voava com um guarda-chuva. O objeto acabou quebrando por conta da forte ventania.

Leia mais