Participante conta como são feitas cenas picantes do De Férias com o Ex

Maju Mazalli revelou como são filmadas as cenas calientes do De Férias com o Ex (foto: Reprodução)
Maju Mazalli revelou como são filmadas as cenas calientes do De Férias com o Ex (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Maju Mazalli contou como funciona a suíte master do De Férias com o Ex, da MTV, e revelou que o câmera que grava as cenas “quentes” do reality fica só por dez minutos no quarto. A influenciadora revelou que o último dia dentro do confinamento é sem câmera e eles podem aproveitar da forma que quiserem. “O câmera fica na suíte master por dez minutos para gravar aquelas cenas de champanhe, uva e aquela coisa linda, mas depois ele sai”, relatou.

“Ficam só aquelas câmeras com o infravermelho. Não tem um roteiro do que nós temos que fazer na suíte, mas eles deixam um caminho. Tem uma uva ali, tem o champanhe. Tem gente que odeia o tablet que manda no reality e tem gente que ama. Tudo que você vai fazer: as atividades, os encontros, as festas, tudo quem avisa é o tablet. Quando faz o barulho dá um susto de verdade! O povo acha que é combinado, mas não é… É cada susto que a gente leva”, contou.

A criadora de conteúdo afirmou em entrevista ao PODDELAS, de Tata Estaniecki e Boo Unzueta, que o “tablet” espera por pegação dentro do De Férias com o Ex e favorecem quando escutam alguma pessoa falando de outra. “Eles querem a pegação, se o tablet vê intenção para a pegação, ele sempre vai favorecer. A produção deixa a gente muito livre para fazermos o que quisermos, mas em encontros eles falam que ‘o tempo tá apertado’ pra colocar pressão pra acontecer alguma coisa”, disse.

“Tudo o que acontece no programa, acontece porque tem que acontecer mesmo. O último dia a gente passa na casa sem as câmeras que é pra gente aproveitar, mas normalmente, ninguém se aguenta mais. Na última festa ficou todo mundo doido, a gente aproveitou um pouco, mas a gente queria mesmo era ir embora”, concluiu.

Leia mais