Silvio Santos tira Chiquititas do ar para exibir programa sobre ele mesmo

Silvio Santos posa ao lado de sua própria estátua de cera (foto: Divulgação/SBT)
Silvio Santos posa ao lado de sua própria estátua de cera (foto: Divulgação/SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Silvio Santos voltou a se intrometer na programação do SBT. Depois de semanas de calmaria e sem modificações, ele avisou aos executivos da emissora que o documentário feito em sua homenagem deverá ser reprisado na noite do dia 19, quando a emissora completará quatro décadas no ar. Para viabilizar a reapresentação, o Roda a Roda Jequiti e a novela Chiquititas vão ficar de fora dos festejos de 40 anos da rede, já que a produção será transmitida entre 20h30 e 22h45, ocupando justamente o espaço destinado para as duas atrações. As chamadas já foram colocadas no ar e vão ser intensificadas nos próximos dias, para atrair telespectadores que não tenham visto a exibição original.

Transmitido pela primeira vez na noite de 8 de agosto, o documentário produzido por Leonor Corrêa não fez feio na disputa pela audiência na Grande São Paulo. A produção teve média de 8,1 pontos na principal metrópole do país e também alcançou picos de 9,4 — índices suficientes para que o SBT conseguisse vencer com folga a Record, que teve 6,6 pontos com a exibição do Domingo Espetacular e do Câmera Record. A Globo, líder, cravou 14,7.

A produção apresentada pela jornalista Marília Gabriela fala sobre todas as etapas da vida de Silvio Santos. Em seus primeiros minutos, o filme mostra Iris Abravanel (mulher do comunicador) e suas seis filhas se questionando sobre uma forma de homenagear a carreira do patriarca da família. Na sequência, um Silvio Santos de papelão é levado ao exterior e exibido para populares, que são questionados sobre quem seria aquela figura e qual era sua idade. Depois, suas origens foram relembradas por seus irmãos, seguido por relatos de sua adolescência, em que ele começou a sua carreira de camelô.

O especial contou com depoimentos de diversas celebridades do primeiro escalão da TV brasileira, como Faustão, Rodrigo Faro, Xuxa Meneghel e até mesmo Gugu Liberato, morto há quase dois anos. A atração em homenagem ao comunicador foi composta por uma linha do tempo que passa por todas as fases da vida dele, desde criança até o sucesso como empresário.

Leia mais