Globo é pega de surpresa com mudanças em afiliada rebelde

Kátia Krüger é atual apresentadora do Bom Dia Mato Grosso (foto: Reprodução/TV Globo)
Kátia Krüger é atual apresentadora do Bom Dia Mato Grosso (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Pioneira no país na instituição do conceito de programação de rede, a Globo tem gradativamente aberto mão da transmissão simultânea e nacional de boa parte das atrações da matriz e passou a priorizar conteúdos e estratégias criadas pelas emissoras regionais. Na maioria das vezes, porém, as modificações contam com o endosso e o apoio do departamento de Programação da empresa, no Rio de Janeiro. Mas isso não foi o que aconteceu com a TV Centro América, afiliada do canal no Mato Grosso, que decidiu interferir na exibição do Hora 1 e do Esporte Espetacular sem nenhum consentimento prévio dos executivos do setor no Rio de Janeiro.

Em um processo de contenção de gastos e de corte de profissionais, a emissora decidiu tirar uma hora do Bom Dia Mato Grosso a partir da próxima segunda-feira, 1º de fevereiro. O noticiário comandado por Kátia Krüger passará a ser exibido entre 6h e 7h30, pelo horário local — Cuiabá tem fuso horário diferenciado do adotado por cidades como Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Para fazer a mudança, a afiliada passará a transmitir o Hora 1 com uma hora de atraso em relação ao restante do país.

Além da mudança, chama a atenção o programa escolhido pela TV Centro América para atrasar a sua grade de programação. O delay caberá ao Terra da Gente, formato rural produzido pela EPTV de Campinas e que chegou a ser retransmitido pela Globo em seu sinal destinado aos usuários de antenas parabólicas. A atração, porém, é veiculada semanalmente, e a TV mato-grossense irá a exibir cinco vezes por semana.

Ou seja: o telespectador do Mato Grosso será agraciado com conteúdos velhos do mundo agro e longas matérias de animais fofinhos em um espaço que deveria ser ocupado por notícias da região. E a mudança promovida pela afiliada abre um precedente um tanto quanto escandaloso: a esmagadora maioria das praças tem se queixado de produzir um noticiário local de 2h30min logo pela manhã, quando absolutamente nada acontece em boa parte do país. Com a “novidade”, mais regiões podem se sentir motivadas a abandonar a maratona do telejornal local.

As novidades, porém, não são exclusivas na programação dos dias úteis. A partir de 28 de fevereiro, a TV Centro América também deixará de exibir o Esporte Espetacular. A atração esportiva mais tradicional da televisão brasileira, no ar há 47 anos consecutivos, será substituída por jogos do Campeonato Mato-grossense, que não terá partidas realizadas no espaço que a rede costuma destinar para o futebol regional nas tardes de domingo.

A diretoria da Globo, porém, não foi comunicada previamente de nenhuma das modificações que serão feitas pela sua afiliada. O TV Pop apurou que executivos da casa tiveram conhecimento da articulação promovida pela regional somente depois que chamadas da nova programação começaram a ser veiculadas e motivaram interesse de veículos de imprensa — e boa parte dos dirigentes recebeu a notícia com perplexidade, principalmente no caso do Esporte Espetacular, que tem realizado eventos que foram comercializados com garantia de exibição para todo o país.

A reportagem do TV Pop entrou em contato com a Central Globo de Comunicação no final da tarde de quarta-feira, dia 27, questionando se a emissora havia dado autorização para as mudanças na grade de sua parceira e, se em caso positivo, outras afiliadas contariam com deferências parecidas. Mesmo com a insistência e com o alerta de que o conteúdo seria publicado, o departamento não se manifestou até a publicação deste texto.

Atualizado às 12h34: a grade de programação não autorizada pela diretoria nacional também será adotada pela TV Morena, afiliada da Globo em Mato Grosso do Sul, que é “irmã” da TV Centro América — ambas pertencem ao conglomerado da Rede Mato-grossense de Comunicação. A partir do primeiro dia útil de fevereiro, o telespectador de Campo Grande e região também terá menos tempo de noticiário local nas manhãs e irá acordar com bichinhos fofinhos no Terra da Gente.

Leia mais