Globo define preço dos anúncios nos programas de Huck e Marcos Mion

Luciano Huck e Marcos Mion passaram a dividir os finais de semana da Globo (foto: Divulgação/TV Globo)
Luciano Huck e Marcos Mion passaram a dividir os finais de semana da Globo (foto: Divulgação/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A diretoria da Globo enxerga uma semelhança entre Luciano Huck e Marcos Mion, e a situação também se repete entre o marido de Angélica e o Faustão. O motivo? O departamento Comercial da emissora decidiu não promover nenhum reajuste na tabela de preços das atrações que estarão no centro de uma das maiores trocas já feitas pela líder de audiência. Para a empresa, o valor que uma empresa deve desembolsar por um anúncio no Caldeirão é o mesmo independentemente do comando de Mion ou de Huck — idem para o Domingão, seja ele apresentado por Fausto Silva ou pelo eterno postulante ao cargo de Presidente da República.

Na última semana, a emissora enviou para as agências de publicidade a sua nova tabela de preços, já com todas as alterações confirmadas para o mês de setembro. Um anúncio de 30 segundos no Caldeirão continuará custando R$ 188.600,00, com a exibição em rede nacional, mesmo com a perda de visibilidade da atração. Junto com a chegada de Marcos Mion, em 4 de setembro, o programa perderá 55 minutos de duração para os filmes da Sessão de Sábado.

No dia seguinte, é a vez do marido de Angélica estrear a frente do Domingão com Huck. Um anúncio de 30 segundos será comercializado no dominical pela bagatela de R$ 367.800,00, também com a garantia de exibição nacional. No caso do sucessor de Faustão, o anunciante ganhará mais visibilidade: a partir do dia 5, o programa ganhará mais 30 minutos no ar, sendo encerrado apenas às 20h30. Nos últimos meses de Fausto Silva, ele era encerrado às 20h.

A nova temporada da Sessão de Sábado, inicialmente garantida até dezembro, será vendida por R$ 126.100,00. Para efeito de comparação, um anúncio no É de Casa – Terceira Manhã, transmitido entre 10h30 e 12h, é comercializado por uma diferença de pouco menos de R$ 20 mil: um anúncio no programa de Patrícia Poeta e companhia custa R$ 106.600,00, sendo que a revista eletrônica é levada ao ar em um horário com menos televisores ligados.

Leia mais