Aline Midlej é promovida e entra para o time de âncoras do Jornal Nacional

Aline Midlej assumiu o comando do Jornal das 10 no início de julho (foto: João Cotta/TV Globo)
Aline Midlej assumiu o comando do Jornal das 10 no início de julho (foto: João Cotta/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Aline Midlej foi promovida pela diretoria da Globo. Nas próximas semanas, ela estreará no time de âncoras reservas do Jornal Nacional aos sábados e feriados, na cadeira habitualmente ocupada por Renata Vasconcellos. Sua escolha para o rodízio de apresentadores do telejornal mais assistido do país é vista como forma de aumentar a visibilidade do Jornal das 10, da GloboNews, que passou a ser comandado por ela no início de julho. A promoção é interpretada também como um esforço para que a emissora tenha uma imagem mais progressista e inclusiva para o público, além, evidentemente, de ser uma deferência ao trabalho da jornalista. Até então, as únicas negras na escala de plantonistas do jornalístico eram Aline Aguiar e Maju Coutinho.

A escalação da âncora do Jornal das 10 preencherá a lacuna deixada pela saída de Renata dos plantões do telejornal. Ela, assim como William Bonner, havia se escalado para comandar o telejornal aos finais de semana apenas pelo intenso noticiário sobre a crise sanitária e permaneceu por 17 meses no grupo de plantonistas. Há alguns dias, os dois procuraram a diretoria da emissora e disseram ter cumprido seu objetivo, e avisaram que gostariam de voltar a apresentar o noticioso apenas nos dias úteis. O pedido foi prontamente atendido pelos executivos do Jornalismo.

A Globo avaliou outros dois nomes antes de efetivar a promoção de Aline Midlej para o telejornal mais visto do país. O TV Pop apurou que a apresentadora Leilane Neubarth e a repórter Mônica Teixeira também estavam na disputa pela vaga de substituta de Renata Vasconcellos. Leilane, que voltou aos estúdios no mês passado, já comandou todos os outros telejornais da emissora, com exceção do próprio Jornal Nacional. Mônica chegou a fazer parte da escala de plantonistas, mas foi deslocada para os telejornais locais do Rio de Janeiro após o retorno de Ana Luiza Guimarães.

Nos próximos dias, haverá a decisão de um nome masculino para ocupar a cadeira de William Bonner. Assim como no páreo pela vaga feminina, três nomes estão sendo avaliados pela cúpula do departamento. Chico Pinheiro, âncora do Bom Dia Brasil, é o que surge com mais intensidade na bolsa de apostas. Por fora, correm Marcelo Cosme, âncora da GloboNews, e o repórter Paulo Renato Soares, que já atua como apresentador eventual dos telejornais do Rio.

Procurada pela reportagem, a Central Globo de Comunicação confirmou a estreia de uma nova dupla nas edições de sábado do Jornal Nacional. De acordo com a emissora, William Bonner e Renata Vasconcellos só estavam no rodízio como “alternativa para as limitações impostas pela crise sanitária”.

Leia mais