LISTA NEGRA

Datena diz ter sido banido da Globo por pressão de Fernando Collor

José Luiz Datena é considerado persona non grata na Globo (foto: Reprodução/Band)
José Luiz Datena é considerado persona non grata na Globo (foto: Reprodução/Band)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Datena contou durante uma conversa com Cátia Fonseca que seu nome é vetado na Globo e afirmou que está torcendo para Tiago Leifert reforçar o time de apresentadores do Band. “Meu nome, por exemplo, durante muito tempo e acho que ainda é vetado da Rede Globo. Sei lá o por que e nem quero saber… Por exemplo, o Jô Soares me convidou para fazer um programa e seria um orgulho muito grande porque o Jô foi um dos maiores comunicadores que vi na minha carreira”, disse o apresentador.

“Ele me mandou helicóptero me pegar e tal, mas no dia da gravação ele me ligou quase chorando. ‘Ô, Datena, sinto muito, mas, infelizmente, o meu programa é ao vivo e não dá pra fazer com você porque foi vetado aqui na Globo. Então, não dá pra trazer você pra cá'”, relatou o jornalista.

Apesar do suposto veto, Datena relembrou o período em que atuou como repórter na emissora e explicou que a briga com a empresa acabou surgindo devido a posicionamentos políticos diferentes. “Eles têm os motivos deles, mas eu trabalhei um bom tempo na Rede Globo, ganhei dois prêmios de direitos humanos, fazia o programa de esportes lá e transmissão de carnaval. É briga política”, contou o apresentador que foi demitido em 1989 depois que subiu no palanque do candidato a presidente, Luíz Inácio Lula da Silva, na época.

“Eles apostaram no Fernando Collor e eu achava que ia dar no que deu, roubou pra caramba, mas também o que eu apoiei foi coisa parecida [Lula]. Então, eles têm os motivos deles. Achei indelicado demais ter uma pessoa convidada e de última hora vetar o nome”, concluiu.

Leia mais