REALITY DA RECORD

Duda Reis fala sobre possível prisão de Nego do Borel em A Fazenda 13

Duda Reis voltou a lembrar de seu conturbado relacionamento com Nego do Borel (foto: Reprodução)
Duda Reis voltou a lembrar de seu conturbado relacionamento com Nego do Borel (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Duda Reis usou as redes sociais para rebater o comunicado emitido pela equipe de Nego do Borel que afirmava que “ele não foi indiciado por agressão física” e que as acusações careceram de qualquer indício probatório. “Ele foi indiciado por lesão corporal devido a perturbações psíquicas, segundo a autoridade policial, e não por agressão física, como a primeira vista parece. O cantor foi acusado de diversos crimes por sua ex-companheira e após as investigações preliminares, a Delegada não encontrou provas que justificassem o indiciamento do Leno por nenhum outro crime”, escreveu a assessoria do confinado em A Fazenda.

“Devemos lembrar que sua ex-companheira acusou o Leno de estupro, de ameaças, de agressões físicas, de ter um fuzil em casa, de guardar alta quantia em dinheiro, de ter lhe passado HPV, dentre outras coisas, e tudo isso careceu de qualquer indício probatório. Com relação ao indiciamento pela lesão corporal cumpre dizer que o fato é extremamente subjetivo, já que considerou perturbações psicológicas, e é só questão de tempo para o Leno também provar sua inocência, pois carece de comprovação fática a qual não se sustentará no processo penal, onde estarão presentes os princípios da ampla defesa e do contraditório”, afirmou o comunicado.

Duda Reis rebateu dizendo que a equipe precisa limpar a imagem do artista, mas possui fatos distorcidos. “Entendo que vocês estejam sendo remunerados para defender um agressor no seu objetivo único de ‘limpar a imagem’ do mesmo que possui histórico de agressão contra mais de uma mulher. Todavia, a nota publicada por vocês, contém fatos mais uma vez distorcidos. O Sr. Leno Maycon, foi sim indiciado por agressão, lesão corporal e por causar na vítima danos psíquicos gravíssimos”, começou a modelo.

“O processo e as outras denúncias seguem rolando, tais como: estupro de vulnerável (o que de fato aconteceu inúmeras vezes), ameaças (ouvi ameaças de morte durante o relacionamento inteiro), eu não o denunciei por ter um fuzil em casa, eu narrei o que eu vi! Inclusive, curioso a polícia ter ido procurar o fuzil depois de mais de uma semana, né? A gente consegue remover tantas coisas em uma semana”, declarou a influenciadora.

A atriz relembrou o teste de HPV que Nego do Borel chegou a publicar nas redes sociais. “E para finalizar, a transmissão de HPV que de fato, aconteceu. Na época, o agressor não mostrou os exames corretos, ele postou um exame de sangue! Exame para diagnosticar uma IST como o HPV, é feito diretamente no pênis do homem, o qual ele se recusou a fazer. Sobre a IST, estou curada! Infelizmente vazaram o meu boletim de ocorrência na delegacia, o que só serviu para me ridicularizar e para me revitimizar”, pontuou.

Leia mais