ISABELE BENITO

Âncora do SBT no Rio de Janeiro fala sobre estreia de novo cenário

Isabele Benito falou sobre as novidades no cenário após mudança para nova sede do SBT Rio (foto: Reprodução/SBT)
Isabele Benito falou sobre as novidades no cenário após mudança para nova sede do SBT Rio (foto: Reprodução/SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Âncora do SBT Rio, Isabele Benito comentou sobre a nova fase do noticioso após a mudança de sede do canal de Silvio Santos no Rio de Janeiro. Desde a última segunda-feira (20), o telejornal passou a ser transmitido das novas instalações do SBT na capital fluminense. Em entrevista ao jornalista Piero Vergílio, do Observatório da TV, a apresentadora assegura que apesar da nova embalagem, a essência continua a mesma.

Para a nova integrante do Fofocalizando, a mudança de ambiente é um recomeço. Ela garante que o produto continuará o mesmo, mas com uma nova embalagem. “Mesmo há tanto tempo à frente do SBT Rio, essa estreia trouxe aquele gostinho de novo que a gente tanto ama. Um desafio incrível. O produto é o mesmo. Jornalismo na veia com opinião, mas a embalagem está incrível”, afirma a jornalista.

“O cenário real é algo inexplicável com uma das vistas mais famosas do mundo, no jornal mais querido do Rio de Janeiro. Sou mesmo uma privilegiada, ainda mais com uma equipe incrível que é a do SBT Rio”, comemora Isabele.

Segundo a apresentadora, a linha editorial do noticioso continuará apostando em opinião com reportagens exclusivas. “A linha editorial é a mesma que o público já conhece. Reportagem investigava, material exclusivo e a cobertura de todos os fatos fortes do Rio de Janeiro com opinião. É claro que a gente sempre pensa em inovações. A mudança de sede vem pra tornar isso ainda mais possível.”

Questionada sobre a diferença entre o telejornal do SBT sobre os jornais das outras emissoras, Isabele Benito afirma que sua prioridade é dar opinião sem deixar de ouvir os problemas do povo. “A gente faz o jornalismo na veia, sem fugir de polêmica alguma. Atuamos na cobertura imediata, com o diferencial de dar opinião, doa a quem doer. Qualquer um pode dar opinião, mas segura a bronca. Tem que entender do que fala é pra isso tem que ouvir histórias e quem vive os verdadeiros perrengues. A minha prioridade é não deixar de ser a voz do povo. Sem demagogia alguma. Minha meta é dar opinião, e, principalmente, ouvir de quem sofre com os problemas.”

Leia mais