NOVO HORÁRIO DE REPRISES

O Cravo e a Rosa desbanca fofocas da Record e turbina ibope da Globo

Cena do primeiro capítulo de O Cravo e a Rosa
O Cravo e a Rosa estreou na liderança de audiência (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Ao menos em seu primeiro capítulo, O Cravo e a Rosa conseguiu acabar com a sequência de vitórias das fofocas do Balanço Geral diante da Globo. De acordo com os dados prévios de audiência da Grande São Paulo, a novela de Walcyr Carrasco turbinou o ibope vespertino do canal e desbancou o jornalístico da Record, que costumava alcançar a liderança no horário agora ocupado pela nova faixa de reapresentações da dramaturgia da líder de audiência. Cerca de dois milhões e 74 mil telespectadores por minuto assistiram a estreia do folhetim apenas na principal metrópole do país.

O levantamento obtido pela reportagem do TV Pop aponta que a obra inspirada em A Megera Domada marcou média de 10,1 pontos em seu horário completo, das 14h38 às 15h12, e conseguiu um pico de 12,0 em seu primeiro minuto de exibição. Na mesma faixa, a Record pontuou 9,4 e foi vice-líder, exibindo o final do noticiário do Balanço Geral SP e A Hora da Venenosa. O somatório dos canais da televisão por assinatura ficou na terceira colocação, com 4,4 pontos, seguido por 2,4 do SBT, que transmitia o Casos de Família, e 1,6 ponto da Band, com o Melhor da Tarde.

Para a reestreia do folhetim, a Globo apostou em uma estratégia de guerrilha. A emissora reduziu a quantidade de intervalos do Jornal Hoje, que teve apenas duas pausas comerciais, e optou por exibir o primeiro capítulo da novela praticamente sem pausas. O único corte na exibição durou 30 segundos e não teve anunciantes, apenas uma chamada da animação Rio 2, que o canal exibirá na Sessão da Tarde desta segunda-feira. Apesar disso, o folhetim marcou menos que o telejornal de César Tralli (10,8).

A movimentação da Globo deu certo: O Cravo e a Rosa garantiu a liderança durante praticamente todo o tempo em que esteve no ar. A novela foi suplantada por A Hora da Venenosa por apenas um minuto, às 15h05, e por uma diferença praticamente tangencial. Neste momento, o placar apontava 9,3 pontos para a Record e 9,2 para a Globo. Distante da disputa pelo primeiro lugar, os canais pagos somados pontuavam 4,4, seguido por 2,6 do SBT e por 1,8 ponto da Band.

Leia mais