TV POP CONFERE

TV Globinho não voltará ao ar mesmo com a saída de Fátima Bernardes

Foto da apresentadora Fátima Bernardes
TV Globinho não voltará ao ar mesmo com saída de Fátima Bernardes (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A iminente saída de Fátima Bernardes das manhãs da Globo pode representar muitas coisas. Dentre elas, a movimentação mostra que a apresentadora está milionária, ao ponto de poder se dar ao luxo de abrir mão de uma vitrine diária em um dos maiores conglomerados midiáticos do mundo para poder passar mais tempo ao lado de seu namorado e de seus filhos. O provável fim do Encontro também representa o encerramento de um projeto que, aos trancos e barrancos, deu certo e marcou a transição da ex-apresentadora do Jornal Nacional para o entretenimento.

Mas uma coisa que o encerramento da trajetória de Fátima Bernardes nas manhãs da Globo definitivamente não representa o retorno da TV Globinho. O programa infantil, responsável até hoje por alterar os ânimos de uma legião de desempregados e de adultos que não se conformam com o fato da jornalista ter mandado Bob Esponja para os braços de Silvio Santos, dificilmente terá outra chance na programação da emissora. E, mesmo no remoto e virtualmente impossível cenário de um retorno da atração, ela dificilmente teria o mesmo formato que tinha há duas décadas.

Em uma espécie de tradição, uma parte desinformada da internet voltou a sonhar com o retorno do formato nesta quinta-feira (13). As notícias de que a namorada de Túlio Gadêlha está em vias de deixar a programação matinal da Globo serviram como base para que a página Choquei, conhecida por disseminar informações falsas e fora de contexto, afirmasse que a volta da TV Globinho “era quase certeza”. Os internautas, como sempre, espalharam a notícia — mesmo com a ausência de fontes. Até a publicação deste texto, mais de 12 mil pessoas compartilharam a fake news.

Afinal de contas, a TV Globinho tem alguma chance de voltar ao ar? A notícia publicada pelo Choquei tem algum nível de veracidade? O TV Pop conferiu e, como era de se esperar, a resposta é que a informação divulgada pela página em questão é falsa. E a lista de motivos para isso não é pequena: em seus últimos anos no ar, a TV Globinho fez com que a Globo passasse por vexames históricos no quesito audiência. Em 28 de janeiro de 2012, pouco antes de virar uma atração semanal, o programa marcou pífios 3 pontos na Grande São Paulo e ficou em terceiro lugar.

Na sequência, cabe ressaltar o avanço das plataformas de streaming. O SBT, uma das poucas emissoras comerciais que insiste na manutenção de um espaço diário para o público infantil, não tem tido sorte para conseguir desenhos animados minimamente interessantes para o Bom dia & Cia. No ano passado, a emissora de Silvio Santos perdeu até mesmo os direitos de transmissão de Bob Esponja, que passou a ser uma atração exclusiva da televisão por assinatura e de serviços de vídeo sob demanda.

Em uma remota possibilidade do formato voltar a ser transmitido pela Globo, chega a ser óbvio que a atração serviria única e exclusivamente como um infomercial das atrações transmitidas pelo Gloob, canal por assinatura mantido pela líder de audiência. Os saudosistas, ávidos por uma chance de assistir Dragon Ball, As Aventuras de Jackie Chan e Bayblade, inevitavelmente se deparariam com Clube da Anittinha, Gaby Estrella, Pão de Forma Osmar, Detetives do Prédio Azul e Ladybug.

Por fim, o ponto mais importante: o faturamento. Diferentemente de Silvio Santos, que insiste na programação infantil por capricho, a Globo visa o lucro. E, diante dos incontáveis marcos legais que vetaram publicidade direcionada para crianças, tornou-se quase impossível fazer com que atrações destinadas para menores de idade sejam lucrativas na televisão aberta. Uma atração do gênero teria seus intervalos preenchidos quase que exclusivamente por conteúdos institucionais da emissora, tal qual acontecia com a TV Globinho em seus últimos anos de vida.

Leia mais