Silvio Santos intervém no Vem Pra Cá e ordena Casos de Família matinal

Por ordem de Silvio Santos, Patricia Abravanel mediará conflitos familiares no Vem Pra Cá (foto: Divulgação/SBT)
Por ordem de Silvio Santos, Patricia Abravanel mediará conflitos familiares no Vem Pra Cá (foto: Divulgação/SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Nota da Redação: parte do conteúdo publicado abaixo está desatualizado. Após este texto ir ao ar, Silvio Santos alterou o horário do programa Vem Pra Cá pela terceira vez. Agora, o programa apresentado por Patricia Abravanel e Gabriel Cartolano passará a ser exibido no período da tarde, às 13h50. Para mais informações, clique aqui.

A baixa audiência do Vem Pra Cá continua tirando o sono de Silvio Santos. Insatisfeito com a performance vexatória da revista eletrônica, o empresário já começou a interferir em boa parte dos conteúdos da atração comandada por Patricia Abravanel e Gabriel Cartolano. Nos próximos dias, o programa terá quadros dignos de uma versão matinal do Casos de Família, programa de barracos feito por Christina Rocha nas tardes do SBT, e apostará cada vez mais em conflitos familiares e em temas inusitados, que lembram os segredos estranhos que João Kleber revela na RedeTV!.

A primeira missão da equipe do Vem Pra Cá é encontrar uma grávida que tenha descoberto a gestação recentemente e que esteja disposta a contar a notícia para os seus familiares em rede nacional, como parte de uma surpresa para o Dia das Mães. Com dificuldades em cumprir a tarefa inglória, os profissionais do matinal tem apelado para grupos de recrutamento de figurantes em redes sociais e oferecido cachê para quem topar pagar mico em rede nacional.

Em outra das ideias geniais de Silvio Santos, uma das próximas edições da revista eletrônica irá apostar na rivalidade feminina. A produção do programa também está procurando personagens dispostos a protagonizar um game show entre noras e sogras para descobrir quem conhece mais o filho ou marido. E, claro, a dupla escolhida também terá que lavar a roupa suja no palco do programa, com o aconselhamento emocional de Patricia Abravanel.

O clima nos bastidores já é de velório. Para muitos funcionários, que já passaram por outras produções do SBT, as intervenções do dono no programa mostram que o fim do projeto está cada vez mais próximo. A maior parte dos profissionais envolvidos no programa tem apenas três meses de contrato e não tem um vínculo empregatício com a emissora — em outras palavras: podem ser demitidos com apenas um telefonema.

Por enquanto, a certeza é a de que o tempo está passando, e o Vem Pra Cá não está reagindo. Pelo contrário. Patricia Abravanel e Gabriel Cartolano já estão flertando com o traço de audiência em diversas regiões, e o formato continua sendo deficitário: apesar de ter bons anunciantes, a produção é extremamente cara. No mercado, especula-se que a atração custe três vezes mais do que o seu rival direto, o Hoje em Dia.

 

Leia mais