Diretor do TV Fama é demitido pela RedeTV! e recontratado um dia depois

Carlos Eduardo Luiz era diretor do TV Fama, foi demitido e acabou recontratado logo depois (foto: Reprodução/RedeTV!)
Carlos Eduardo Luiz era diretor do TV Fama, foi demitido e acabou recontratado logo depois (foto: Reprodução/RedeTV!)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Além de ter perdido dois de seus três apresentadores em apenas duas semanas, o TV Fama por pouco não ficou sem um diretor. Carlos Eduardo Luiz, conhecido pelos colegas de trabalho como Cadu, era o responsável pelo comando do programa de fofocas desde janeiro de 2020 e foi demitido pela RedeTV! na terça passada (1). A emissora, porém, não arranjou outro profissional para assumir a direção geral da atração. Todos os nomes procurados, dentro e fora do quadro de funcionários da empresa, preferiram não aceitar a proposta.

Sem ter pra onde correr, a cúpula da RedeTV! foi obrigada a fingir que nada aconteceu. Os mesmos executivos que dispensaram Carlos Eduardo Luiz na terça-feira tiveram que ir atrás do profissional já na quarta-feira (2), quando se deram conta de que ninguém aceitaria se arriscar em um projeto com incontáveis problemas internos e dificuldades orçamentárias. Cadu, que provavelmente ainda nem havia tido tempo para assimilar a sua demissão, simplesmente não hesitou em aceitar o convite para retomar o posto, como se nunca tivesse saído da emissora.

Na edição de quarta-feira, a emissora até havia atualizado os créditos do programa de fofocas para retirar o nome de Carlos Eduardo. O TV Pop apurou que aquela edição foi a única que, de fato, não foi comandada por ele. Na quinta (3), o profissional já foi reintegrado ao time do TV Fama como se nada tivesse acontecido. Na edição de segunda (7), o canal voltou a atualizar os créditos da abertura da atração e reinseriu Cadu Luiz como diretor geral.

A demissão do diretor foi causada por um erro no programa exibido na noite de 28 de maio. Naquele dia, o programa foi gravado antes de ir ao ar e, desatenta, a equipe da atração acabou deixando vazar um erro de gravação, em que a apresentadora Alinne Prado errava a chamada de uma reportagem, fazia caretas e era repreendida por um produtor. A cúpula da emissora não gostou do episódio, e demitiu o executivo diante da repercussão do caso. A equipe do TV Fama chegou a ser avisada que Bruno Marone, do Foi Mau e do Me Poupe! Show, assumiria a direção do programa.

Os executivos, porém, levaram um sonoro “não” de Marone. Ele, que também chegou a comandar o Tricotando, foi categórico ao dizer que não tinha interesse em voltar para um programa diário, e que estava feliz estando a frente de projetos semanais. Com a negativa, deu-se início a uma busca dentro e fora da RedeTV! em busca de interessados em assumir a atração. Para a surpresa da cúpula, ninguém nem quis se aprofundar na proposta. A oferta foi ignorada até por profissionais que estão em cargos inferiores na empresa.

Leia mais