Som Livre enfrenta debandada de cantores após perder vitrine na Globo

Marília Mendonça e a dupla Maiara & Maraisa se preparam para seguir os passos de Zé Neto & Cristiano e sair da Som Livre (foto: Divulgação/TV Globo)
Marília Mendonça e a dupla Maiara & Maraisa se preparam para seguir os passos de Zé Neto & Cristiano e sair da Som Livre (foto: Divulgação/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Almejada por muitos durante anos por conta do forte apoio e divulgação dos veículos da Globo, a gravadora Som Livre já não é mais a queridinha dos artistas. Desde que a empresa anunciou a venda da sua gravadora, no final de 2020, grandes nomes contratados pela companhia começaram a se mobilizar em busca de novos acordos mais vantajosos. O motivo? Vendida, a Som Livre perdeu o seu principal trunfo: proporcionar uma vitrine na maior emissora do Brasil. Com isso, ela se iguala (ou fica até em patamar inferior) a outros players do mercado fonográfico.

Porém, o fim da exposição diária na TV Globo não foi o único motivo que provocaram uma debandada na empresa. A dupla Henrique & Juliano deixou a Som Livre em 2018, e os artistas fizeram questão de alfinetar a marca em público após o término de seu vínculo com a companhia. “Quando a gente terminou o nosso contrato, vimos que não eram cinco anos. Existiam clausulas que perduravam… o último disco. Não tinha liberdade. Terminou o nosso contrato e agora estamos livres. Então não é som livre”, provocou Henrique, em entrevista ao jornalista Leo Dias.

Fenômeno do sertanejo, eles foram os primeiros a assinar com a Virgin Music Label & Artist Services Brazil, divisão recém-lançada da Universal Musica em parceria com a Work Show, escritório que gere a carreira da dupla. A grife tem a proposta de oferecer serviços premium e flexíveis, em clara oposição ao posicionamento da Som Livre, e uniu forças com a Work Show, o selo sertanejo número um do Brasil, para ganhar capilaridade de forma mais ágil.

A dupla Zé Neto & Cristiano, depois de um ano sem lançamentos, já preparam para finalizar o atual vínculo com a gravadora e encaminhar o anúncio de um acordo com a Virgin, assim como Tierry, que por pouco não fechou com a gravadora ex-Globo. Luan Santana, principal nome da Som Livre durante anos, acabou trocando seis por meia dúzia: o cantor assinou com a Sony Music, depois de 13 anos na gravadora global, para dar outro rumo para suas músicas. A Sony, porém, foi a compradora da Som Livre.

De acordo com a Som Livre, a marca continuará a existir mesmo com a aquisição e seguirá se posicionando como um “centro criativo autônomo”, sem que haja fusão com a Sony Music, a atual líder do mercado fonográfico nacional. Nos bastidores, especula-se que a transação tenha custado cerca de R$ 2 bilhões.

A reportagem do TV Pop apurou que a cantora Marilia Mendonça e a dupla Maiara & Maraisa também devem deixar a Som Livre nos próximos meses. Diante da aproximação do encerramento de seus vínculos contratuais, estudos sobre a melhor forma de deixar a empresa já tem sido feito pelo jurídico das artistas. Marília, por sinal, inclusive iniciou a divulgação do seu último projeto sem o apoio da gravadora: como o vínculo não foi defeito em tempo, o lançamento recebeu o selo da gravadora aos 45 do segundo tempo. Inclusive, o trio sertanejo causou uma grande confusão no departamento Comercial da TV Globo por conta de um especial — que acabou sendo engavetado.

Em abril, Thiaguinho também expôs publicamente seus problemas com a gravadora e enviou um longo comunicado para a imprensa enumerando os motivos para a sua rescisão de contrato. “Após inúmeras tentativas de diálogo sobre sua carreira artística com a Som Livre, Thiaguinho decidiu deixar a gravadora. O fim da relação se deu por conta das dificuldades no desenvolvimento dos conceitos artísticos almejados por ele para sua carreira, que, por sua vez, configuraram no descumprimento do contrato artístico pela Som Livre. Uma relação harmoniosa, parceira e sadia é fundamental para o sucesso de um projeto artístico em comum”, alfinetou a assessoria do cantor.

Leia mais