PISTOLOU

Rafa Kalimann se revolta após ser chamada de “ridícula” por internauta

Rafa Kalimann se revoltou com comentário maldoso de internauta (foto: Reprodução)
Rafa Kalimann se revoltou com comentário maldoso de internauta (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Rafa Kalimann rebateu em suas redes sociais uma mensagem que a chamava de “ridícula”, julgava a apresentadora por seu sotaque e por gostar de sertanejo. “Rafaella, entenda de uma vez por todas que você é ridícula com esse sotaque caipira e burro. Volta pra sua região, vai pra lá pegar sua carroça e, pelo bem de todos, sai da internet, porque é insuportável te ouvir falar. Aproveita pra ouvir música de verdade, porque sertanejo deveria ser proibido por ser uma ofensa à música brasileira”, dizia a mensagem.

“Estava aqui vendo os directs de vocês, sim, eu vejo todos, e recebi a mensagem de uma mulher que tinha tudo pra ser uma crítica, mas li como um feedback. Eu tenho tanto orgulho do meu sotaque, de onde eu vim, da minha região, da minha cultura. Eu carrego isso com tanto amor, com tanta honra, que saber que isso é tão vivo em mim, a ponto de incomodar outra pessoa, me deixa feliz. Saber que a pessoa reconhece em mim esse sotaque mineiro, goiano, essa cultura viva em mim, me deixa orgulhosa, porque não quero perder ela”, respondeu Rafa Kalimann.

A influenciadora ironizou a pessoa dizer que não gosta de sertanejo. “Você não sabe o que está perdendo. Aliás, com certeza você escuta muito, porque não tem como correr mais. O negócio é bom, não tem com negar. É besteira a gente se fechar nesse negócio estilo musical. Acordo ouvindo MPB, hoje acordei ouvindo Caetano Veloso. Trago pop e trago sertanejo. A gente tem todas as músicas em um só aparelho hoje em dia, olha que coisa boa. Um monte de cultura diferente no Brasil inteiro”, afirmou a contratada da Globo.

A modelo declarou que tem consciência de que não irá agradar a todos e não tem problema. “A gente tem que ter clareza de quem a gente é para não se moldar em cima dessas expectativas. Imagina só se eu lesse o comentário e falasse: ‘meu Deus, acho que sou toda errada’. Não, não sou, porque tenho clareza de quem eu sou”, pontuou.

Leia mais