Depois de sete anos, Hora 1 ganha novo cenário e novo formato na Globo

Roberto Kovalick é o âncora e editor-chefe do Hora 1 (foto: Reprodução/TV Globo)
Roberto Kovalick é o âncora e editor-chefe do Hora 1 (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Globo dará mais um passo na reformulação do Hora 1 na próxima semana. A partir de segunda-feira (5), o matinal deixará o seu tradicional estúdio e será transferido para a Redação de Jornalismo, onde dividirá espaço com o Jornal Hoje e com o Jornal da Globo. No novo ambiente, o telejornal de Roberto Kovalick ganhará um novo cenário e terá o reforço de novas tecnologias, desenvolvidas especialmente para o uso do noticioso. Dentre as novidades, está a volta do movimento dos telões do cenário, recurso que deixou de ser utilizado pelos outros jornalísticos da emissora.

Além da mudança de cenário, o telejornal também será reformulado. Jacqueline Brazil, que até então atuava apenas no mapa-tempo, terá papel mais ativo no noticioso e será uma espécie de co-apresentadora. Em caráter de teste, ela apareceu nas últimas semanas em notícias não relacionadas à previsão do tempo e foi bem avaliada pela diretoria da emissora. O plano é que, muito em breve, ela ocupe a bancada do matinal ao lado de Kovalick definitivamente — a mudança só não acontecerá agora para evitar um choque muito radical nos telespectadores.

O pacote gráfico do telejornal também passará por leves modificações. As novidades no cenário e no formato vão ser acompanhadas por uma intensa campanha de relançamento do Hora 1, que terá um novo posicionamento em suas peças publicitárias. A Globo venderá ao telespectador a imagem de que Roberto Kovalick é a melhor companhia para as manhãs, assim como os âncoras dos jornalísticos locais transmitidos após o noticioso nacional. Nos últimos dias, os intervalos comerciais já ganharam mais chamadas do noticiário, e elas serão reforçadas a partir de agora.

Por fim, ainda está sob avaliação uma possível ampliação no horário do telejornal. Há a possibilidade de que, após os Jogos Olímpicos, o Hora 1 passe a ter três horas, indo das 3h às 6h da manhã. O martelo só será batido após a análise da programação teste das Olimpíadas, que servirá para testar a recepção dos telespectadores com uma maratona de telejornais nas madrugadas. Procurada pela reportagem na tarde desta quinta (1) para comentar as informações, a Central Globo de Comunicação negou que planeja mudar o horário do telejornal e enviou a seguinte nota:

Roberto Kovalick é o apresentador do ‘Hora 1’ – Jacqueline Brazil apresenta a previsão do tempo no telejornal, interagindo com Kovalick, assim como Alessandro Jodar apresenta o noticiário esportivo. Durante os Jogos Olímpicos, o horário do ‘Hora 1’ poderá ser alterado por causa das transmissões esportivas, mas após o evento, mantém seu horário normal, começando às 4h. A novidade é que o ‘Hora 1’ ganha um novo cenário nesta segunda-feira, dia 5, mais moderno e interativo.

O TV Pop mantém as informações publicadas neste texto.

Leia mais