PEDIU PRA SAIR

Bruno Peruka se cansa da geladeira e pede demissão da Record após sete anos

Bruno Peruka no estúdio do Balanço Geral Manhã
Bruno Peruka decidiu pedir demissão da Record após sete anos (foto: Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Bruno Peruka não é mais apresentador da Record. Depois de sete anos atuando como repórter e âncora de diversos jornalísticos, ele e os diretores da emissora chegaram a um acordo nesta quinta-feira (14) para que o seu contrato, que ainda duraria mais alguns meses, fosse rescindido em comum acordo. O jornalista estava incomodado com a ausência de projetos em curto e médio prazo, e optou por seguir em busca de novos desafios, acreditando que o tempo na geladeira causaria danos irreversíveis para a sua carreira.

Pupilo de Marcelo Rezende (1951-2017), o ex-âncora do Balanço Geral Manhã foi uma das últimas revelações do comunicador. Ele começou a sua trajetória na Record de São Paulo como repórter especial do Cidade Alerta e, desde 2018, atuava na apresentação do telejornal matinal. Ele foi afastado do jornalístico em 16 de setembro, poucos dias depois da rede anunciar a contratação de Eleandro Passaia, e sequer teve a chance de se despedir dos telespectadores.

Internamente, comenta-se que a relação da Record com Bruno Peruka estava desgastada há meses, mas que ainda era sustentável até ele ser tirado do ar. O jornalista ficou magoado por não ter sido avisado previamente que iria perder o posto de âncora — ele descobriu pela internet que estava sendo trocado por Passaia, assim como também descobriu pela imprensa que iria dividir o comando do telejornal com Geraldo Luís.

Dentre os colaboradores que atuam nas equipes do Balanço Geral Manhã e do Cidade Alerta, o clima é de velório. Peruka era visto pelos colegas como um profissional amável e dedicado, e era conhecido justamente pela sua simpatia com os funcionários que não aparecem no vídeo. Na semana de sua saída do matinal, até mesmo diretores da rede enviaram mensagens lamentando a decisão e desejando que ele voltasse logo ao ar.

Inicialmente, o jornalista havia sinalizado aos executivos da Record que planejava continuar na emissora — na semana passada, ele chegou a fazer um vídeo nas redes sociais avisando aos fãs que seguiria na rede. O TV Pop apurou que ele mudou de ideia após voltar de suas férias e finalmente ter se reunido pessoalmente com a cúpula do canal, que deu a entender que o seu contrato não seria renovado, e que ele seguiria empregado apenas até o término do vínculo atual. Diante disso, ele pediu para encerrar o seu acordo antecipadamente.

A seguir, leia a mensagem em que Bruno Peruka se despediu da Record:

Gratidão que fala, né?

Gratidão do fundo do meu coração a toda equipe dessa emissora. Obrigado Record pela parceria que começou em 2014, junto com o nosso eterno Marcelo Rezende.

Obrigado pelas oportunidades que você, Record, me deu. Saio muito melhor do que cheguei.

Vai aqui meu muito obrigado a todos os funcionários, diretores, meus chefes e principalmente a você telespectador que esteve ali ao meu lado todo esse tempo.

Encerro dizendo um até breve, mas não um adeus.

Leia mais